Dicas: Causas das veias varicosas nas pernas

Posted on

Esse aumento de pressão por insuficiência de contensão das válvulas faz com que as veias se dilatem progressivamente, formando as varizes.

Animais quadrúpedes não têm varizes, porque não ficam eretos e a pressão sanguínea do lado direito do coração é mais ou menos igual à das extremidades. Naquelas com varizes, a queda é menor, mas a pressão também cai, aliviando a parede das veias e as válvulas. Quem tem circulação venosa mais visível nas pernas apresenta maior tendência à formação de varizes? Pessoas de pele muito clara ou muito magras podem ter veias mais visíveis e salientes, o que não quer dizer que tenham varizes. A perna de um maratonista, por exemplo, tem veias calibrosas que podem ser vistas porque ele praticamente não tem gordura nas pernas. Calógero Presti – Varizes são veias dilatadas, tortuosas que apresentam disfunção das válvulas e refluxo. Veias muito dilatadas e fluxo sanguíneo muito lento podem favorecer a formação de um coágulo gelatinoso dentro delas, que as oclui e produz um processo inflamatório e dor intensa. Na realidade, serão removidas apenas as veias com fluxo invertido que atrapalham o funcionamento normal da circulação e levam ao escape do sangue do sistema profundo para o superficial. Varizes são veias tortuosas e dilatadas que surgem pelo adoecimento dos vasos.

Neste artigo (com vídeo) você saberá se pode, o que pode e como pode fazer musculação e atividades físicas para ajudar sua circulação venosa nas pernas, e muito mais…

  • Hipertensão venosa,
  • Mau funcionamento das válvulas venosas,
  • Mudanças estruturais das veias,
  • Inflamação,
  • Obstrução da circulação venosa
  • Funcionamento insuficiente da bomba muscular no nível da panturrilha.

O sangue chega às pernas pelas artérias e sobe de volta ao coração pelas veias.

Como vocês já devem ter pensado, as veias das pernas trabalham contra a gravidade. Este é o mecanismo básico das varizes, veias doentes que tornam-se dilatadas e tortuosas por incapacidade de escoar o sangue em direção ao coração. Como as veias periféricas das pernas encontra-se muito próximas da pele, qualquer tortuosidade ou dilatação torna-se facilmente perceptível. Como já explicado, as varizes surgem quando ocorre um represamento do sangue nas veias, em geral, por incompetência das válvulas venosas. Os principais fatores de risco são: As varizes são normalmente veias tortuosas e dilatadas que não causam maiores sintomas a não ser o incômodo estético. 2) Varizes O surgimento das varizes indica que a dificuldade em retornar o sangue já atingiu veias maiores. Quando já há edema, podem haver outros sintomas como peso nas pernas, câimbras noturnas (leia: CÂIMBRAS | Causas e tratamento), sensação de queimação, comichão e dor no trajeto das varizes. As pequenas veias e capilares danificados das pernas permitem o extravasamento das hemácias (glóbulos vermelhos) que, ao sofrerem destruição, liberam seus pigmentos vermelhos que acabam por se depositar na pele. Independente da técnica, a destruição ou retirada da veia varicosa não traz nenhum problema para as pernas, uma vez que a veia tratada já não funcionava direito mesmo.

Causas das veias varicosas nas pernas

  • TC / RM – varreduras são feitas após a injeção de contraste no fluxo de sangue para mostrar as artérias e veias

Varizes são pequenas veias vermelhas ou azuis localizadas próximas à pele das perna e tornozelos.

Método 2 1 As veias da sua perna devem trabalhar contra a gravidade para carregar o sangue de volta para o coração. Além disso, ajuda a manter um peso saudável, diminuindo a pressão nas veias das suas pernas. As veias podem ainda ficar ainda mais evidentes se houver pouca gordura subcutânea ou aumento de massa muscular, como ocorre em pessoas magras ou musculosas. No entanto, veias saltadas nas pernas podem ser sinal de varizes. Neste caso, as veias são dilatadas e tortuosas, de cor púrpura-azulada e que surgem nas pernas ao longo dos anos. Com o passar dos anos, há um aumento de pressão nas veias das pernas, dificultando o retorno do sangue dos pés para o coração. À medida que o tempo passa, os mecanismos que permitem o retorno adequado do sangue podem falhar, o que provoca uma dilatação das veias comprometidas, tornando-as saltadas e tortuosas. Além disso, há produção de hormônios que provocam a dilatação das veias, dificultando o retorno do sangue ao coração. Para dar conta desse volume extra, o coração acelera, bombeando o sangue com mais força para as veias, o que agride a parede dos vasos.

Varizes são veias tortuosas que surgem na superfície da pele, principalmente em membros inferiores. Entenda mais sobre esse problema.

  • Dor, peso ou cansaço nas pernas;
  • Inchaço nas pernas e nos pés no período da tarde.

Foto: Vasculargranada Quando as veias se dilatam, a futura mamãe pode sentir cansaço, inchaço e dores nas pernas.

Algumas gestantes ainda apresentam sintomas como coceira, inflamação nas veias, e, em casos mais graves, úlceras na pele, varicorragia (sangramento) e trombose. Existem alguns remédios que podem ser usados para melhorar a dor nas pernas e fortalecer a parede dos vasos sanguíneos. Elas ocorrem pela dilatação de algumas veias que ficam sob a pele, a superfície da pele e que são muito pequenas para serem vistas quando não estão doentes. Nessas pessoas que possuem veias nesses locais, pode ser necessário a realização de um ultrassom para determinar se existe doença mais grave. Muitas pessoas se preocupam que as teleangiectasias e vasinhos irão se tornar veias varicosas. Na verdade tanto as teleangiectasias, quanto as veias varicosas são o mesmo problema, a fraqueza da parede da veia e sua dilatação, mas em veias de calibres diferentes. Esse desconforto é mais frequente quando as teleangiectasias ou as veias reticulares estão na parte de trás do seu joelho. Como a pressão nas veias é muito alta, o sangue pode jorrar muito longe e isso pode ser alarmante. Algumas pessoas gostam de ter as veias tratadas de uma maneira regular, para manter o aspecto das pernas estáveis.

Tratamento das veias em casos de pernas inchadas

Varizes ou veias varicosas, são veias dilatadas, alongadas e tortuosas.

Caso essas pequenas válvulas falhem, o sangue reflui e causa a dilatação das veias devido ao aumento do volume sanguíneo. Veias inchadas são doloridas e não são agradáveis de ver. Duas condições comuns que podem levar ao inchaço são as veias varicosas e a tromboflebite (um coágulo sanguíneo nas veias). Na maioria dos casos, é possível reduzir o inchaço em casa, mas o tratamento deve ser rápido; a demora pode fazer com que a condição das veias piore. Método 1 1 Uma maneira de aliviar os sintomas de veias inchadas é colocando meias de compressão. Através da pressão que exercem sobre as pernas, elas auxiliam na circulação sanguínea e fazem com que o sangue se movimente pela redução do diâmetro das veias. Ficar por muito tempo sentado leva ao inchaço das veias devido à diminuição da circulação sanguínea. 3 Essa posição interrompe a circulação do sangue, dilatando as veias inferiores, já que o fluxo para o coração é prejudicado. O sobrepeso aumenta a pressão sobre a parte inferior do corpo, incluindo pernas e pés, fazendo com que mais sangue chegue até esses membros, inchando as veias.

É uma boa técnica para tratar veias varicosas pequenas ou vasinhos sanguíneos inchados.

3 Na ablação venosa, é utilizado calor intenso para tratar as veias, o que pode ser realizado tanto através da radiofrequência quanto pela energia da tecnologia a laser. 5 Esse procedimento invasivo trata os vasos sanguíneos que apresentam problemas, mas são reservados apenas para casos graves de veias varicosas. Mas aí você vai me perguntar: mas por que então as pessoas que fazem muita musculação e têm grande massa muscular ficam com as veias mais aparentes??? O aparecimento dessas veias na pele é até desejado por esses atletas e existem até sites que explicam como otimizar o treino para aumentar o seu surgimento! É por isso que, quando vamos ao laboratório retirar sangue para um exame, a enfermeira pede para abrirmos e fecharmos a mão várias vezes antes de procurar as veias. A musculação pode tornar as veias superficiais mais evidentes sim, especialmente nas pessoas que tem a porcentagem de gordura corporal mais baixa. A insuficiência venosa ocorre quando a pressão nas veias aumenta e há dificuldade do retorno do sangue para o coração. Varizes são veias dilatadas e tortuosas, mais comuns nos membros inferiores. A escleroterapia é a injeção de substâncias que lesam as veias varicosas.

– Veias varicosas – vulgarmente chamadas varizes são veias dilatadas, tortuosas e alongadas, de maior ou menor calibre e profundidade.

Outras causas podem estar relacionadas com veias varicosas, uma gravidez ou uma irritação resultante da introdução de um catéter na veia. Existem dois tipos de vasos sanguíneos – as artérias e as veias. Frequentemente, a lentificação do fluxo de sangue ou estase nas veias da perna, aumentam o risco de TVP. Consequentemente, quando o sangue se acumula nas veias, os trombos formam-se mais facilmente. Esta inflamação que pode ser ocasionada por vários motivos é mais comumente encontrada nas veias dos membros inferiores, especificamente nas veias superficiais das pernas. Veias varicosas também podem desenvolver tromboflebite após cirurgias e após parto. Doença venosa é adquirida ao longo da vida, com dilatações das veias para acomodar mais sangue. Já as varizes são veias superficiais dilatadas e tortuosas, de cor roxo-azulada ou esverdeada, que surgem ao longo das pernas e dos pés e podem causar dor e inchaço. As veias que mais causam problemas são as safenas (temos duas em cada perna), mas as varizes podem ocorrer em outras veias superficiais.

A contração do músculo posterior da panturrilha ajuda a empurrar o sangue pra cima sem forçar muito as veias que fazem o trabalho de devolver o sangue ao coração.

As varizes são veias dilatadas e tortuosas, normalmente nas pernas, com sangue acumulado de maneira irregular. As veias ficam dilatadas porque as válvulas que levam o sangue ao coração não funcionam corretamente, retendo e acumulando sangue, e causando consequentemente o alargamento da veia. As veias que foram tratadas não voltam mais, mas varizes não são curadas definitivamente. Nos braços, por exemplo, que estão mais próximos do coração, as veias não se desgastam tanto, e por isso é raro aparecerem varizes. As veias queimadas ou retiradas em cirurgia de varizes não fazem falta para o corpo? Varizes são veias dilatadas e tortuosas que se desenvolvem sob a superfície cutânea, especialmente em membros inferiores. Fatores hormonais: os hormônios contribuem para o estabelecimento e piora das veias varicosas e dos sintomas nas mulheres. Obesidade: o excesso de peso aumenta o risco de veias varicosas nas pessoas com predisposição genética ou que fazem uso de terapia hormonal.5. Existem várias classes de compressão e tamanhos utilizadas em função do tipo de varizes, sintomas do paciente e gravidade da doença.

Cirurgia Convencional Retirada das veias varicosas através de micro-incisões e agulhas de crochê, na maioria dos casos sem necessidade de pontos.

Quando a trombose ocorre em uma veia mais profunda chama-se Trombose Venosa Profunda (TVP) e ocorre em uma ou mais veias localizadas geralmente nas pernas. Com isso, as veias têm maior dificuldade em bombear o sangue para o coração, favorecendo o surgimento de varizes. Segundo o médico, quando a panturrilha se contrai, ela “espreme” as veias e estimula o sangue a subir em direção ao coração. Isso prejudica o fluxo sanguíneo do sangue das pernas para o coração e favorece o acúmulo de sangue nos vasos, elevando o risco de varizes. 67 Os anticoncepcionais contêm estrogênio ou progesterona, hormônios femininos que dilatam as veias e, por isso, dificultam fluxo sanguíneo das pernas para o coração. Com isso, o bombeamento do sangue se torna mais difícil e o sangue tende a se acumular nas veias das pernas, provocando as varizes. A situação fica mais grave quando o coágulo se propaga ou se forma em veias maiores, como a veia safena na coxa ou veias profundas. Pode ocorrer também em veias que foram usadas para retirar sangue ou para injetar soro ou medicamentos. Este exame pode informar a localização exata do coágulo e dizer se ele está em veias maiores, como a veia safena na coxa ou veias profundas.

Veias marcadas no braço podem ser varizes ou vasinhos.

As varizes são veias dilatadas que podem ser projetadas para fora na superfície da pele. Se você tem veias proeminentes em seus braços, existem vários métodos de tratamento para você se livrar delas. Em outras alturas, veias salientes podem ser um sinal de um problema mais sério. Se as válvulas não funcionarem de forma correta – e se as paredes das veias enfraquecerem – o sangue pode acumular-se dentro da veia. Esta, geralmente, afeta as veias mais profundas dentro da perna, mas também pode causar a saliência das veias à superfície (varizes). Ao envelhecer, as paredes das veias podem enfraquecer e tornarem-se mais elásticas. Esta doença pode afetar tanto as veias mais profundas como aquelas à superfície. Existem vários tipos de tratamento para veias salientes. •Meias de Compressão – Estas meias ajudam as veias e músculos das pernas a levar o sangue para o coração.

•Decapagem de Veias – Durante esta cirurgia, o medico remove as varizes com várias pequenas incisões na pele.

A sua corrente sanguínea não será afetada porque o sangue pode derivar para outras veias saudáveis que estejam perto. •Cirurgia Endoscópica à Veia – Quando as varizes são mais graves – assim como as que têm ulceras nas pernas – o cirurgião pode escolher fazer uma cirurgia endoscópica. As veias varicosas ou as varizes ocorrem quando as veias se dilatam e contêm muito sangue. O termo varicosidades refere-se a alteração estrutural das veias que se tornam: As veias varicosas ocorrem mais freqüentemente nas veias superficiais das pernas, mas também podem se formar nos braços. Não confunda as veias varicosas com as telangiectasias, ou seja, pequenos capilares que são vistos na pele. Para o médico, diagnosticar as veias varicosas é simples com um exame físico. Na palpação, profundamente podem ser sentidos dos canais nas pernas de uma pessoa que sofre de veias varicosas. As veias varicosas na gravidez também ocorrem se a mulher tem 20 ou 30 anos. Se podem formar veias varicosas também: Além disso, o aumento no nível de estrogênio e progesterona pode causar: Além disso o volume de sangue no corpo aumenta durante a gravidez. As veias da perna devem trabalhar mais para bombear o sangue para o coração. O homem pode sofrer de veias varicosas, mas esta doença afeta principalmente os órgãos genitais.