Dicas: Como é realizado o tratamento de secagem de vasinhos a laser? (Parte 1)

Posted on

desconto Vila Esperança Escleroterapia para Secagem de Vasinhos A escleroterapia, conhecida por muitos como “aplicação”, é um tratamento destinado à eliminação das telangiectasias (vasinhos).

Um líquido muito concentrado, chamado esclerosante, é injetado através de microagulhas, que são extremamente finas, dentro do vasinhos É um tratamento sem necessidade de cirurgia, e, portanto, feito em consultório. Laserterapia de varizes Consiste na utilização do laser ou da luz intensa para queimar as varizes mais pequenas. O tratamento desses vasos indesejáveis, denominados pelos leigos de varizes, microvarizes, varicoses ou simplesmente de “vasinhos”, consiste, grande maioria dos casos, na realização de escleroterapia. Conhecida popularmente como “tratamento de secar as varizes”, a escleroterapia é o método mais utilizado para determinar o desaparecimento desses vasinhos. Esse tratamento pode ser feito a laser, com espuma ou com glicose. A maioria dos casos não requer cirurgia e é tratada pelo método de secagem. Com duração média de quatro a seis meses, seu tratamento, em alguns casos, dura até mais de um ano. A escleroterapia com espuma densa é um tipo de tratamento que elimina completamente as varizes e os pequenos vasinhos. Nas varizes de maior calibre, este tratamento pode não dar o melhor resultado, mas é capaz de diminuir o seu tamanho, sendo necessária mais de 1 aplicação na mesma variz.

Como é o tratamento de secagem de vasinhos a laser?

  • Preço: normalmente o valor é de 250 reais por sessão, mas podem ser necessárias até 10 sessões, dependendo da quantidade de varizes.

Enquanto na cirurgia tradicional o médico retira as varizes, no laser e na radiofrequência as varizes são eliminadas com o calor, que “queima” a parede e obstrui a veia.

Atualmente, os tratamentos com laser ou radiofrequência custam, em média, o dobro da cirurgia convencional. Os médicos dizem quais são os procedimentos mais comuns para tratamento de varizes: Cirurgia - as cirurgias de varizes estão cada vez menos agressivas. De acordo com Guilherme Pitta, presidente da Sociedade Brasileira de Angiologia e Cirurgia Vascular, qualquer pessoa pode ter varizes, mas elas aparecem três vezes mais em mulheres. O laser funciona tanto para vasinhos como para varizes com a vantagem de ter recuperação mais rápida. – Sim, o procedimento de secagem – escleroterapia – feito em consultório daria cabo da mais feiosa de todas as varizes do meu corpo e ainda de outras mini feiurinhas. Como a resposta foi sim, fizemos a primeira aplicação para secar a mais feia e suas primas mini-feiurinhas (que não viraram foto, desculpem, só dava pra ver muito de perto). Este tratamento pode também ser usado em outros casos de veias dilatadas, como hemorroidas ou hidrocele, por exemplo, embora seja mais raro. A cirurgia para varizes é utilizada quando outras formas de tratamento não-invasivo, como dieta ou uso de meias compressivas, por exemplo, não conseguiram eliminar ou disfarçar as varizes. A cirurgia laser é indicada para tratar vasinhos ou varizes pequenas, e é feita com a luz de um laser aplicada diretamente sobre o vaso da variz.

O Laser pode ser usado para tratar quase todos os estágios de varizes, desde o tratamento de vasinhos (telangiectasias) até para a ablação da veia safena.

  • Melhora do fluxo do sangue de forma natural;
  • Reforça as paredes do vaso sanguíneo;
  • Reduz a dor nas pernas;
  • Elimina o inchaço das pernas;

Este tipo de cirurgia funciona de forma muito semelhante à cirurgia laser, pois utiliza calor dentro do vaso para fechar a variz.

Nesta cirurgia, o médico faz pequenos cortes sobre as varizes e remove os vasos que estão provocando as varizes mais superficiais. Esta cirurgia permite remover varizes de tamnho pequeno e médio. A diminuição da pressão dentro dos vasos das pernas reduz o volume das varizes e evita a formação de novas, resolvendo problemas com varizes muito grandes e vasinhos, por exemplo. Com o refinamento da técnica cirúrgica e a modernização do tratamento, hoje é possível fazer uma cirurgia muito mais delicada e, em muitos casos, praticamente sem dor. Hoje, até em cirurgias envolvendo a retirada da safena ou tratamento com laser ou radiofrequência utilizo esta anestesia. Após a remoção de varizes por cirurgia, veias que são retiradas não voltam mais. É a utilização do laser ou da luz intensa para queimar as varizes mais pequenas. É um tratamento inovador que permite tratar sem cirurgia o problema das varizes. Porque os avanços em tecnologia laser permitem agora tratar as varizes, em muitos casos, sem necessidade de usar o bisturi para abrir a pele.

Como é realizado o tratamento de secagem de vasinhos a laser?

  • Infecção das veias;
  • Hemorragia;
  • Hematoma nas pernas;
  • Dor nas pernas;
  • Lesão dos nervos da perna.

Já para o tratamento de perfurantes insuficientes a cirurgia endoscópica é decididamente superior, tal como a escleroterapia o é em relação ao laser transcutâneo nas varizes superficiais.

O preço de uma depende muito do local onde você vai fazer, de como são as suas varizes e do profissional que irá realizar a cirurgia. Expus estes valores nesse instrumento de Se quiser saber mais sobre as opções de tratamento para varizes e como a cirurgia de varizes é realizada acesse os artigos: , , “ ” e “ “. Os principais sintomas que levam as pessoas a optar pela cirurgia para retirada de varizes são dor, inchaço, sensação de peso e cansaço. No entanto, existem contraindicações na cirurgia para retirada de varizes. As veias que se tornam varizes são aquelas que ganham vasos sanguíneos que entopem, acumulando sangue, tornando-se mais grossas e visíveis. Como secar varizes no verão A verdade é que homens e mulheres podem sofrer com as varizes, porém, elas aparecem três vezes mais em mulheres. É totalmente possível secar as varizes, mas secar varizes no verão é muito cauteloso, o que vai variar é o tipo do tratamento e a duração dos mesmos. O tratamento a laser é contraindicado para gestantes, mulheres no período de amamentação, pessoas que tiveram câncer nos últimos cinco anos e pessoas com algum machucado no local da aplicação. Para as veias menores, que costumam apresentar um aspecto avermelhado, pode ser feita uma aplicação direta de substâncias químicas, ou tratamento a laser.

Já as sessões de tratamento a laser são um pouco mais caras, mas mais eficientes, a sessão custa a partir de R$ 300,00.

Uma nova técnica que ainda não é muito utilizada no Brasil, une laser e ar congelado, que combinados irão secar os vasinhos e as microvarizes. Para o tratamento a laser são necessárias, em média, de três a quatro sessões com intervalo de trinta dias entre elas. Como mencionado anteriormente, tratar as varizes no verão vai requerer alguns cuidados especiais para que você alcance o sucesso do tratamento. De início é injetado um medicamento, no caso a espuma densa, na veia do paciente, para que faça uma nutrição nos vasos até que as varizes tomem uma tonalidade esbranquiçada. Fontes Conteúdo elaborado com o apoio de InfoCiência Selecionei para este artigo algumas das dúvidas mais frequentes no consultório sobre aplicação de vasinhos. O estímulo doloroso sentido durante as sessões de aplicação de vasinhos depende de 4 fatores básicos: Na minha experiência como cirurgião vascular, os dois componentes mais importantes são os primeiros. Quando uma área da pele onde há vasinhos é tratada, o que se obtém é uma secagem daqueles vasos que foram injetados com a substância esclerosante. Um aspecto importante que deve ser sempre lembrado em relação às varizes e aos vasinhos é que o tratamento não os cura, mas os controla. A melhor aplicação para a espuma é o tratamento de veias de maior calibre, mas também pode ser usada na aplicação de vasinhos.

Especialmente nos casos em que a veia safena precisa ser tratada, o laser se mostra superior à cirurgia tradicional de safenectomia (saiba mais sobre esta cirurgia no post “ “).

Para o tratamento de telangiectasias (vasinhos) e veias reticulares ou microvarizes utilizamos o laser transdérmico. Hoje é possível tratar vasos azulados de até 3 mm de diâmetro com laser associado à aplicação de glicose, ambos com auxílio de resfriamento da pele com ar gelado. Nos casos em que existem varizes maiores e insuficiência da veia safena, o laser também pode ser empregado. Os estudos realizados com aparelhos de laser mais antigos mostravam que a efetividade deste tratamento era inferior à escleroterapia convencional com injeções. Geralmente, o laser é mais indicado em pessoas que tenham medo de agulha, alergia aos medicamentos esclerosantes ou que possuam veias muito pequenas, impossíveis de serem canuladas pela agulha. Nesse ponto os cirurgiões vasculares entram em consenso: SIM, o tratamento das veias safenas com laser é melhor do que a retirada convencional da veia (safenectomia). Além disso, ambas as técnicas tem a mesma efetividade: ou seja, tanto a cirurgia convencional quanto a cirurgia a laser são capazes de eliminar as varizes de forma semelhante. Além do laser, a mesma cirurgia de termoablação pode ser realizada pela técnica de radiofreqüência com a mesma qualidade e segurança. Mesmo quando aplicado de forma correta, o laser pode causar complicações, assim como qualquer método de tratamento das varizes e vasinhos.

Apesar dos avanços na aplicação do laser percutâneo, o tratamento clássico destas formas continua a ser indiscutivelmente a escleroterapia.

Seja para acabar com as mais profundas ou para secar os vasinhos, a medicina dispõe de uma série de opções. Já as mais superficiais são tratadas com esclerose (processo de secagem dos vasos). A terceira opção é o tratamento a laser para secar os vasinhos. NÃO PARE AGORA… TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;) O uso dos esclerosantes em forma de espuma tem se popularizado nos último anos como tratamento para as varizes e vasinhos. Porém, a efetividade do tratamento para varizes com espuma não é tão boa quanto à cirurgia, seja a cirurgia tradicional ou os métodos mais recentes como laser e radiofrequência. Para saber mais sobre as alternativas de tratamento para os vasinhos, clique em “ “. O tratamento feito com laser é um pouco mais caro do que o químico. Cada sessão custa, em média, R$ 550,00 com laser e R$ 200,00 com química. Pelo que mais importante que o tratamento das varizes será efectuar um correcto e profundo diagnóstico das varizes do paciente pelo Dermatologista. Se as varizes forem superficiais e não excederem uma largura de 2-3 mm eu sugiro a injecção de esclerosantes ou tratamento por via do laser.