Remédios: Conheça o tratamento de varizes com o método espuma Itaperuna, Rio de Janeiro

Posted on

Mas se você possui alguns dos problemas listados acima deve procurar a rede de saúde do seu município e consultar a possibilidade de efetuar uma cirurgia plástica gratuita.

Juliana Puggina Cirurgia Vascular e Endovascular CRM-SP 134.963 As varizes, apesar de serem mais comuns nas pernas, também podem acometer as veias da região pélvica. Nas varizes de maior calibre, este tratamento pode não dar o melhor resultado, mas é capaz de diminuir o seu tamanho, sendo necessária mais de 1 aplicação na mesma variz. Outro benefício dos avanços tecnológicos com relação ao tratamento de varizes é a ultrassonografia das veias, chamada doppler, técnica muito utilizada no período pré-cirúrgico. Em alguns casos, a ausência ou fraqueza das válvulas nas veias pode causar uma circulação venosa fraca (fluxo sanguíneo nas veias) e levar a varizes. Os usuários do SUS já podem contar a partir de agora com técnicas menos invasivas e mais modernas para o tratamento de varizes e para realizar cirurgia bariátrica. Considerada uma técnica inovadora para o tratamento de varizes, a escleroterapia ecoguiada com espuma não precisa de internação, exige menos tempo de tratamento e promove rápida recuperação. Segundo o angiologista Marcelo Ruettimann Liberato, pioneiro na aplicação desse tipo de tratamento no SUS em Salvador (BA), a técnica não exige anestesia nem cortes profundos no paciente. | LUANA SEVERO Uma técnica mais eficiente no tratamento de varizes está sendo testada em quatro hospitais públicos do Rio de Janeiro. Médicos treinados pela Sociedade Brasileira de Angiologia e de Cirurgia Vascular do Rio de Janeiro estão usando esta técnica no tratamento de pacientes de quatro hospitais públicos.

O tratamento das varizes com espuma é uma opção à realização de cirurgia, o uso de esclerosantes em forma de espuma tem se popularizado nos últimos anos.

  • Publicado: Sexta, 03 de Fevereiro de 2017, 15h41
  • Última atualização em Sexta, 17 de Fevereiro de 2017, 08h33

O laser endovenoso tem sido usado especialmente para tratamento de veias safenas defeituosas, podendo também tratar varizes de maior calibre.

Em muitos casos, substitui a cirurgia, pois permite tratar veias de difícil acesso. Esta técnica tem o inconveniente de poder apresentar pigmentação (manchas) nas veias tratadas que desaparecem espontaneamente após 3 meses (podendo levar um a dois anos) em quase todos os casos. A pesquisa de Viarengo foi realizada junto a 52 pacientes portadores de varizes dos membros inferiores com úlcera venosa, que faziam acompanhamento médico há mais de um ano. O cirurgião vascular considera que o EVL demonstrou ser uma técnica extremamente segura e eficaz para o tratamento de pacientes com varizes e úlcera. E  a cada vasinho que via sendo esclerosado ficava mais e mais impulsionado a tentar aprender esta técnica de tratamento de varizes, especialmente nas veias de pequeno calibre. [email protected] Uma técnica mais eficiente no tratamento de varizes está sendo testada em quatro hospitais públicos do Rio de Janeiro. Considerada uma técnica inovadora para o tratamento de varizes, a escleroterapia ecoguiada com espuma não precisa de internação, exige menor tempo de tratamento e promove rápida recuperação. Casos Cristiane Vilaça enfatiza que a aplicação com espuma pode ser feita em praticamente todos os casos de varizes, mas que é mais aconselhável para situações graves. A cirurgia pode ser apropriada em alguns casos, desde que você não tenha outros problemas de saúde que tornem o tratamento arriscado.

O Laser pode ser usado para tratar quase todos os estágios de varizes, desde o tratamento de vasinhos (telangiectasias) até para a ablação da veia safena.

  • Hospital São Rafael no 29 de agosto de 2017 a partir do 11:26

Há alguns anos tem-se utilizado escleroterapia (aplicação) em veias varicosas com o uso de Espuma densa.

A Comissão Nacional de Incorporação de Tecnologias do SUS (Conitec) avalia a incorporação no Sistema Único de Saúde (SUS) de uma técnica inovadora para tratar varizes: a escleroterapia com espuma. Leia a entrevista: Blog da Saúde: O que são varizes e por que elas são um problema grave?Marcelo Ruettimann Liberato: As varizes representam um problema de saúde pública no Brasil. O benefício é o retorno rápido ou imediato às atividades, com um resultado final similar a uma cirurgia”, pontua o médico angiologista Marcelo Liberato, difusor da técnica no Brasil. Nestes casos o médico faz aplicações de medicamentos esclerosantes nas veias com micro agulhas, desta forma, acontece o endurecimento e obstrução do fluxo sanguíneo do local. Com o refinamento da técnica cirúrgica e a modernização do tratamento, hoje é possível fazer uma cirurgia muito mais delicada e, em muitos casos, praticamente sem dor. Ao mesmo tempo, quem foi submetido a tratamento da safena com espuma teve menor taxa de sucesso, se comparado ao laser e à cirurgia convencional. Nestes casos, o médico faz um corte na perna e remove toda a veia safena, que não está funcionando corretamente. A substância mais utilizada na Escleroterapia de varizes com espuma densa, guiada por ultrassom é o polidocanol, que tem maior aceitação pelo organismo e pela baixa ocorrência de alergia. Após a escleroterapia de varizes com espuma densa, guiada por ultrassom, a(o) paciente já pode caminhar e não precisa fazer repouso.

  • Hospital São Rafael no 14 de novembro de 2017 a partir do 12:23
  • Hospital São Rafael no 28 de novembro de 2017 a partir do 14:26

SÃO LUÍS - Dezesseis pacientes foram submetidas, neste sábado (3), a cirurgias vasculares durante a realização do 1º Mutirão de Cirurgia de Varizes, realizado no Hospital Tarquínio Lopes Filho (Geral).

Durante o Mutirão, oito pacientes foram submetidas à cirurgia pela técnica convencional, que é realizada com o paciente sob anestesia peridural ou raquidiana (que anestesia da cintura para baixo). A nova técnica de escleroterapia consiste em injetar nas veias medicamento em forma de espuma (polidocanol), capaz de secar os vasos com má circulação do sangue. Os usuários do Sistema Único de Saúde (SUS) já podem contar com técnicas menos invasivas e mais modernas para o tratamento de varizes e cirurgia bariátrica. Ele estima que no Brasil, cerca de seis milhões de pessoas sofram de problemas com varizes, sendo mais de um milhão com úlcera. Cristiane Vilaça enfatiza que a aplicação com espuma pode ser feita em praticamente todos os casos de varizes, mas que é mais aconselhável para situações graves. Porém, a efetividade do tratamento para varizes com espuma não é tão boa quanto à cirurgia, seja a cirurgia tradicional ou os métodos mais recentes como laser e radiofrequência. O objectivo principal na cirurgia de varizes é tratar primeiro a causa das varizes, na maioria dos casos incompetência das veias safenas. Existem várias opções de tratamento para varizes grossas, sendo as mais utilizadas a cirurgia, o laser e a escleroterapia ecoguiada com espuma densa. Neste tratamento o médico irá injetar a espuma diretamente na variz, após verificar com uma ecografia qual o local mais adequado para a aplicação da injeção.

Técnica tem resultados visíveis já na primeira sessão A escleroterapia com espuma densa é um tipo de tratamento que elimina completamente as varizes e os pequenos vasinhos.

Uma técnica que tem se mostrado muito eficaz é o tratamento de varizes com espuma densa. O tratamento com espuma densa, guiada por ultrassom, é um método não-cirúrgico usado para tratar as varizes. Em alguns casos cirurgia a laser é mais indicada para tratamento da veia safena. Pacientes com varizes e problemas de saúde graves, que não podem recorrer a uma cirurgia tem como opção de tratamento o uso de espuma de polidocanol. Uma nova técnica de combate às varizes dos níveis 2 ao 6 começou a ser oferecida pelo Hospital de Base de Itabuna, a escleroterapia com espuma. Uma técnica que tem sido muito requisitada e difundida atualmente é o tratamento de varizes com espuma. O tratamento de varizes com espuma é antigo, mas só nos anos 90, com o auxílio do ultrassom, é que começou a ser mais utilizada na Europa. Considerada uma técnica inovadora para o tratamento de varizes, a escleroterapia ecoguiada com espuma não precisa de internação, exige menor tempo de tratamento e tem recuperação rápida. Podem ser utilizados esclerosantes químicos (glicose hipertônica, espuma e outros agentes), cirurgia convencional (resseção cirúrgica de veias) e o novo tratamento com laser. A novidade é que, ainda neste mês de novembro, a unidade vai realizar atendimentos de angiologia com tratamento ambulatorial inovador para varizes através da técnica de Escleroterapia Ecoguiada com Espuma.